TAG - Transtorno de Ansiedade Generalizada


Ansiedade é definida como uma espécie de tensão ou nervosismo que normalmente antecedem a momentos de perigo real ou imaginário marcada por sensações físicas, tais como: batimentos cardíacos acelerados, transpiração, sensação de vazio no estômago e medo intenso. Entretanto sentir ansiedade de modo persistente com duração e intensidade maior que o esperado, com pressentimentos constantes, preocupações, incapacidade de relaxar, sensação de boca seca e tonturas são alguns sintomas do Transtorno de Ansiedade Generalizada, TAG
.

Os pensamentos são demasiadamente constantes e diversos, em suma, retratam catástrofes e acidentes com familiares e pessoas afetivamente importantes para o sujeito. Suas produções, como desenhos, por exemplo, são característicos a preencher todos os espaços úteis da folha. Nada parece estar bom o suficiente, pois há sempre algo para melhorar ou aperfeiçoar até que se chegue ao exagero de uma dada tarefa. Estes comportamentos retratam a atividade mental do sujeito, pois estar em movimento é uma forma de buscar diminuir este anseio turbulento na mente do sujeito.

A pessoa pode sentir inquietação, tremores, suor em excesso, falta de ar, dor de cabeça, palpitações,  irritabilidade e facilidade em alterarem-se, tensões musculares, perturbações no sono e outros. Com freqüência por várias semanas ou meses. Costuma causar um comprometimento significativo no funcionamento social ou ocupacional da pessoa, podendo gerar um acentuado sofrimento pois são difíceis para o sujeito controlar sozinho, o que pode gerar um esgotamento na saúde física e mental do indivíduo. 

Embora o transtorno possa ocorrer em qualquer momento durante toda a vida, é mais freqüente surgir entre a infância e o jovem adulto, de acordo com o National Institute of Mental Health (NIMH). O TAG freqüentemente ocorre a comorbidade, ou seja, junto com outro transtorno, incluindo outros transtornos de ansiedade, abuso de substâncias,  situação pós-traumática ou depressão.

Aprender novas habilidades de enfrentamento e técnicas de relaxamento  na psicoterapia trazem benefícios vantajosos à sua saúde, entretanto é de interesse do paciente estar disposto a rever-se, expor de fato, seus pensamentos e devaneios na psicoterapia, a ousar e tentar praticar um novo olhar para seus hábitos. Com este comprometimento no processo terapêutico há grande resolutividade para este transtorno.