Relação: memória x afeto

 A memória é uma realidade fascinante, ela nos lembra o quão infinito é o horizonte do cérebro humano.

Quando nossos sentidos entram em contato com algum elemento que desencadeia uma lembrança. Tocar ou ver algum objeto, ouvir uma música ou um som específico, sentir um cheiro, ver uma fotografia…A emoção que essas sensações despertam em você é a memória afetiva.


Existem vários tipos d memória e cada uma delas tem as suas próprias características, a memória semântica, que é a que preserva a linguagem, a memória episódica, que grava feitos e situações, e as memórias de curto, médio e longo prazo. Em todas as formas de memória as emoções exercem uma forte influência.

Na vida adulta agimos e entendemos nossos sentimentos baseada em muitas das nossas memórias afetivas que trouxemos da  infância e é exatamente por isso que é essencial cultivá-las e/ou muitas vezes nos curarmos delas quando são traumatizantes na intenção de não estagnarmos, ou mesmo reproduzir padrões familiares que nos foram negativos.

Não tenha vergonha de procurar por ajuda profissional. É possível superar traumas de construir novas formas de viver, novas formas de se relacionar e ver o mundo.

Cuide-se bem e vem para a psicoterapia você também ❤